Como melhorar o inglês, sair do eterno nível intermediário e melhorar suas habilidades gerais na língua de uma vez por todas?!

Algumas das perguntas que me fazem quase que diariamente — já que essa é uma das maiores dúvidas e dificuldades de estudantes da língua inglesa.

Pois a cada dia que passa, o sonho da fluência em inglês fica ainda mais longe.

Afinal, o eterno nível intermediário não assombra apenas o alunos de inglês, mas também, alunos de muitos outros idiomas!

Portanto, se você realmente quiser saber como melhorar o seu inglês e sair desse nível que tanto te assombra, siga esse passo!

Como melhorar o inglês em 30 dias e sair do nível intermediário

Antes de tudo, você precisa refletir um pouco sobre o que está fazendo nesse exato momento para aprender inglês — seja lendo algum livro, assistindo séries com legendas em português/inglês ou vídeos no youtube. Só isso. Apenas pense.

Afinal. aí no fundo, você sente que o que você está fazendo não está dando certo e acredita que está no mesmo nível de inglês que alguns meses ou até anos atrás.

Eu te entendo, pois tudo isso é bem desmotivante e faz com que muita gente deixe de continuar estudando inglês.

Portanto, se você realmente quer melhorar o seu inglês e sair do bendito nível intermediário, você precisa adicionar algumas tarefas à sua rotina.

Bora lá!

1 – Viva o inglês

A melhor forma de melhorar o seu inglês é trazendo-o para sua vida real, sua rotina. Sendo assim, vivendo o idioma.

Afinal, um idioma é muito mais do que apenas um livro de gramática, dicionário ou um curso que você faz duas vezes na semana.

Logo, o inglês deve estar ligado em boa parte do que você faz durante o dia. Ou, pelo menos, em alguma parte dele.

Parece trabalhoso, e até mesmo inviável para algumas pessoas. Porém, a boa notícia é que existem inúmeras formas de como isso pode ser feito:

2 – Contextualize o seu aprendizado

Contextualizar o que você está aprendendo é uma tarefa muito simples e importante. Afinal, você irá trazer para a sua prática diária todo um mundo que você já está acostumado, conhece bem e que já se sente confortável.

Ou seja, você irá consumir conteúdos que tenham a ver com tudo o que você já fala sobre e consome na sua língua nativa — o português.

Por exemplo:

Se você trabalha com marketing digital, criação de sites e coisas do tipo, isso significa que você precisa aprender o máximo possível a falar sobre esses assuntos em inglês.

Até porque, são todos assuntos que têm a ver com você e, de certa forma, que você se sente seguro e motivado.

E, a melhor forma de fazer isso é indo atrás desses conteúdos. Portanto, procure um blog, página em redes sociais ou canal no Youtube que fale abertamente sobre esse assunto.

Dessa forma, você irá esquecer que está apenas estudando inglês e sim, fazendo algo que você sempre faz.

3 – Tenha autonomia

Autonomia é uma habilidade que todo aluno deve ter, independentemente da disciplina. Afinal, será a autonomia que irá te fazer independente — fazendo com que você saiba procurar o que precisa, na hora que precisar e da forma que precisar.

Portanto, coloque isso mais em prática, pois ao longo das semanas, você perceberá que suas habilidades em inglês estão cada vez melhores, fazendo com que você se sinta mais motivado e seguro para falar inglês.

Autonomia é ouro.

4 – Tenha os melhores recursos em mãos

Nessa necessidade de  melhorar o seu inglês, você irá precisar dos melhores recursos por perto. 

E, quando eu digo “os melhores recursos”, me refiro à Ted talks em inglês, podcasts, blogs, sites e até páginas de memes. 

Ao fazer isso, você irá praticar sua autonomia, se manter motivado e facilitar o processo.

5 – Aprenda a falar sobre um tópico específico por semana

Você terá que separar 4 dos assuntos que você tem mais afinidade, mais fala sobre e precisa aprender a falar em inglês. 

Lembra sobre a contextualização do aprendizado, certo?! Pois bem, agora é a hora!

Feito isso, você irá dedicar as próximas 4 semanas aos tópicos que você escolheu. Ou seja, cada semana será responsável por um assunto/tópico específico, dedicando entre 40 à 60 minutos diários. 

Claro, quanto mais tempo, melhor! Porém, vamos começar aos poucos, apenas para começar a trazer o idioma para a sua realidade.

Durante as quatro semanas, você irá consumir o máximo de conteúdo possível sobre os assuntos, por 7 dias direto.

Como exemplo, irei separar os seguintes tópicos: Marketing digital, produtividade, minimalismo e trabalho. 

Bora lá!

Semana 1 – Marketing digital

Leia blogs, artigos, e postagens nas redes sociais sobre o tema que você escolheu. 

Para facilitar a sua pesquisa, digite o assunto que você escolheu dessa forma no google:

como melhorar o inglês

Ao ler este texto em inglês, faça isso. 

  • Foque o máximo que puder no contexto; 
  • Anote as palavras novas e que você tem dificuldade com a pronúncia;
  • Revise a pronúncia das palavras que você já conhece
  • Consulte um dicionário de inglês online;
  • Anote as definições;
  • Crie seus próprios exemplos;

Ao assistir vídeos em inglês:

  • Preste o máximo de atenção nos sons da palavras;
  • Assista com legendas e anote as frases, palavras e expressões necessárias;
  • Imite algumas frases que estão sendo ditas, tentando chegar na mesma intonação;
  • Assista o vídeo por mais três vezes, focando apenas nos sons e ritmos;

E, ao ouvir podcasts em inglês sobre o tema escolhido, relaxa, respira e dê a total atenção aos sons.

Faça isso durante os 7 dias, para cada assunto/tópico, alternando os materiais e recursos. Você também pode fazer em 6 dias, tendo um dia inteiro de descanso por semana.

Tudo isso irá te ajudar a melhorar o seu inglês em 30 dias! Eu prometo.

6 – Seja amigo das legendas em inglês

Ser amigo das legendas em inglês irá te ajudar a conhecer melhor os sons das palavras, acompanhar o ritmo e se sentir mais confiante durante o processo.

Portanto, eu sugiro que sempre que você for assistir um vídeo curto em inglês tente fazer o exercício abaixo:

  • assista ao vídeo prestando atenção o máximo possível nos sons das palavras;
  • assista a segunda vez, seguindo bem as legendas, e prestando atenção nos sons das palavras;
  • anote as que achar necessário;

Aliás, essa é uma forma muito simples para melhorar o listening.

Claro, você não precisa fazer isso toda vez que assistir algo em inglês. Porém, é uma boa estratégia para começar a melhorar o inglês sozinho e de verdade!

7 – Supere necessidade da tradução

Se você é aquela pessoa que traduz tudo o que vê por aí, palavra por palavra, se preocupa mais em traduzir uma frase do que prestar atenção no contexto em si e acaba ficando perdido — é hora de tentar superar isso! Aos poucos, pelos menos.

Afinal, não existe um estudo muito específico dizendo que as traduções atrapalham no aprendizado de idiomas — assim como não existe nenhum que comprove que é mais do que necessário o seu uso.

No entanto, se você sente que é algo que te atrapalha e deixa nervoso — então é algo que precisamos trabalhar!

Ou seja: Não sabe o que significa tal palavra? Então procure pelo contexto em inglês!

Afinal, existem vários dicionários de inglês online por aí que podem te ajudar.

Eu gosto e recomendo o Cambridge Dictionary, pois ele mostra a definição em inglês e áudios das expressões e palavras para você ouvir e repetir.

Aliás, a coisa que eu acho mais legal num dicionário monolíngue é que você acaba aprendendo outras palavras ao longo do caminho, pois querendo ou não, durante a definição da palavra ou expressão que você pesquisou — você encontrará palavras novas e que poderão fazer parte do seu vocabulário também! Tudo isso aprendendo a partir do contexto.

Feito isso, crie seus próprios exemplos, leia em voz alta e coloque o novo vocabulário em prática durante uma conversa.

Isso mesmo! Exiba o seu novo vocabulário por aí!

8 – Coloque seu inglês em prática

Agora é a parte mais legal de todo o seu esforço: A hora de colocar o que aprendeu em prática e exibir o seu esforço por aí! 

Até porque, do que adiantaria fazer tudo isso e não usar, não é mesmo?!

— “Mas James, eu não tenho ninguém para praticar”

Se você é como a maioria dos estudantes de idiomas e não tem ninguém para praticar, a melhor forma de praticar a sua conversação em inglês é participando de “Conversation meetings”.

Conversation meetings são eventos que pessoas se reúnem para praticar um idioma específico ou até mesmo vários! 

O melhor, de graça!

Esses eventos costumam a ser presenciais, porém, por conta do Covid-19 também estão acontecendo de forma remota. Ou seja, on-line.

E, fique tranquila, pois todas essas pessoas também querem melhorar suas habilidades, perder o medo de falar inglês, e claro, fazer novos amigos!

Portanto, para saber onde acontecem esses eventos, você pode instalar ou visitar o site meetup.com.

Após criar sua conta, preencha os campos necessários e encontre o evento que fizer mais sentido para você!

Essa prática será uma ótima oportunidade de melhorar o seu inglês.

9 – Tenha aulas de inglês com o James

Se você sente que para fazer tudo o que escrevi aqui será realmente possível apenas se tiver alguém te assistindo, guiando e facilitando todo o processo — saiba que você pode ter aulas de inglês comigo!

Eu irei te ajudar a aumentar o seu vocabulário em inglês, melhorar pronúncia, ter mais autonomia e, muito importante, a perder o medo de falar inglês.

Claro, e muito mais!

Tá vendo como será fácil alavancar o seu inglês?

Agende uma entrevista gratuita!

Por fim…

O que este artigo te ensinou sobre como melhorar o inglês?

Para viver a língua diariamente, você precisa otimizar o seu tempo, ter mais autonomia, usar os recursos certos e contextualizar o que você consome, a partir daquilo que você já faz usando o português.

Fácil, não é? E, ao fazer tudo isso, com muito foco e cabeça no lugar — tenho certeza de que as pessoas que você conversar irão te perguntar “Como melhorar o inglês”?!

Já pensou?!

É isso.

Agora você já sabe como melhorar o inglês e sair do sombrio nível intermediário!

Compartilhe com um amigo!

Categorias: Tutoriais

Thiago Oliveira

Professor de inglês há 7 anos, tradutor/intérprete, criador de conteúdo e apaixonado por aprender e ensinar idiomas.

2 comentários

Jaqueline · 23 de junho de 2020 às 5:34 pm

Seu site é muito bom. Parabéns!

    Thiago Oliveira · 23 de junho de 2020 às 5:37 pm

    Muito obrigado, Jaqueline! Trabalhando para que fique cada vez melhor. Abraços <3

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *